Maranhão possui 51 fábricas que utilizam mão de obra de presos de justiça para a produção de blocos intertravados de concreto.

Fonte: Agência de Notícias do Maranhão



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here