Prefeitos e gestores da Baixada discutem em Consórcio políticas públicas para a região (Foto: Leticia Castro)

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho e da Economia Solidária (Setres), esteve representado pelo secretário da pasta, Jowberth Alves, nesta sexta-feira (16), na cidade de Olinda Nova em reunião do Consórcio Intermunicipal da Baixada Maranhense (CIBAM). Na oportunidade, foram debatidas ações com foco na saúde, sustentabilidade, geração de renda, meio ambiente, agropecuária, dentre outros temas.

O secretário da Setres, Jowberth Alves, fala da parceria do Governo do Estado com o Consórcio, visando a efetivação das políticas públicas que beneficiem a Região da Baixada Maranhense. 

“A Baixada Maranhense é uma região importante para o nosso estado. Vejo com bons olhos esta iniciativa dos gestores que compõem a região. Uma ação municipalista que atua de forma conjunta, dando celeridade na resolução de demandas. Estamos aqui para colocar os programas desenvolvidos pela Setres, na geração de emprego, renda e economia solidária e também apresentar as políticas públicas do Governo do Estado. Ações como esta, sempre serão bem-vindas para parcerias com o governador Flávio Dino e o vice-governador Carlos Brandão, que fazem uma gestão municipalista que tem como foco cuidar da vida das pessoas, principalmente neste momento de pandemia. Ouvir as necessidades e inquietações do povo maranhense é uma constante e forte bandeira de trabalho de todas as pastas estaduais. Reafirmamos aqui o apoio do Governo com o CIBAM”, analisou.

O Governo do Estado esteve presente na reunião do Consórcio ouvindo as demandas dos baixadeiros (Foto: Leticia Castro)

O encontro reuniu prefeitos, dos municípios de Olinda Nova, São João Batista, Viana, Arari, Vitória, Penalva, Matinha e Pedro do Rosário. 

CIBAM

O Consórcio tem por objetivo reunir recursos, projetos e ações para sanar problemas estruturais, sustentáveis, sanitários, produtivos, dentre outras políticas públicas para os municípios que fazem parte da Baixada Maranhense.

>



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here