A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Assistência Farmacêutica (Dafi), recebeu uma doação ofertada pelo Fundo Estadual de Saúde de Aracaju/SE de 20 ampolas do medicamento Pembrolizumabe 25mg/ml solução injetável, que é indicado principalmente para o tratamento de pacientes com câncer de pulmão de células não pequenas. De imediato, a quantidade de medicamento irá beneficiar quatro pacientes em tratamento no Acre.

Estado recebe medicamentos para tratamento de pacientes com câncer. Foto: Junior Aguiar.

“Hoje estamos conseguindo uma ação que nunca foi vista antes. Conseguimos a doação de um medicamento extremamente importante, para o tratamento dos pacientes oncológicos e irá trazer muitos benefícios”, destaca o gerente administrativo do departamento de assistência farmacêutica, Jhon Lenon.

Medicamento será doado para a Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon). Foto: Júnior Aguiar.

O medicamento que será doado para a Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon), trata-se de uma substância que está sujeita à destruição, decomposição ou mudança em resposta ao calor, elevando a complexidade da logística para garantir as propriedades e ação farmacológica do medicamento, sendo imprescindível a agilidade no transporte.

Medicamento foi ofertado pelo Fundo Estadual de Saúde de Aracaju/SE. Foto: Junior Aguiar.

“É uma grande satisfação, uma alegria imensa receber esses medicamentos que irão beneficiar os pacientes, que passarão a ter um tratamento mais moderno com melhor eficácia e menos toxidade”, destaca o diretor de assistência do Dafi Rafael de Carvalho Teixeira.

O medicamento Pembrolizumabe é indicado principalmente para o tratamento de pacientes com câncer de pulmão. Foto: Junior Aguiar.

Sobre o medicamento

O medicamento Pembrolizumabe 25mg/ml solução injetável é indicado principalmente para o tratamento de pacientes com câncer de pulmão de células não pequenas (CPCNP) metastático não tratado anteriormente, cujos tumores expressam PD-L1 com pontuação de proporção de tumor (PPT) ≥ 50%, conforme determinado por exame validado e que não possuam mutação EGFR sensibilizante ou translocação ALK.



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here