CastraPet atende gratuitamente 116 animais em Clevelândia

outras

O Programa Permanente de Esterilização de Cães e Gatos (CastraPet Paraná) castrou gratuitamente nestas terça e quarta-feira (17 e 18) 116 animais em Clevelândia, região Sudoeste do Estado. A iniciativa é da secretaria estadual do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest) em parceria com os municípios, que fazem o cadastro das famílias beneficiadas.

O programa contemplará 80 cidades nesse segundo ciclo, com investimento de R$ 2,5 milhões. A primeira etapa atendeu 15 mil animais em 45 municípios, com investimento de R$ 2,4 milhões. Somente para Clevelândia foram destinados R$ 25 mil.

“Um animal pode gerar o custo aproximado de R$ 500,00 para ser castrado. O CastraPet está trazendo alívio para muitas famílias e entidades de proteção animal que não têm condições financeiras”, diz o secretário Márcio Nunes.

SAÚDE ÚNICA – Saúde Única é um conceito que integra a saúde animal, humana e ambiental. Além de minimizar os transtornos causados pelo aumento de animais abandonados nas ruas e o controle de diversas zoonoses, como por exemplo raiva, leishmaniose, leptospirose, toxoplasmose e esporotricose, os animais castrados também têm menos chances de desenvolver tumores mamários, câncer de próstata, de ovário e de útero.

A prefeita de Clevelândia, Rafaela Losi, afirma que uns dos objetivos da gestão é dar melhores condições aos animais. “Por isso, não pensamos duas vezes na hora de executar este programa. É um serviço que vai ajudar muitas famílias que querem cuidar com ainda mais carinho de seus pets”.

Já a secretária municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Idalba Daneluz, disse que os animais abandonados são um grande problema no município. “Queremos renovar esse programa porque toda vez que fazemos uma castração é um animalzinho a menos nas ruas”.

ORIENTAÇÕES – Antes do procedimento, é preciso que os tutores respeitem o jejum absoluto (comida e água) dos animais por oito horas. A medida é necessária para que os pets recebam e se recuperem bem da anestesia.

Após a castração, as famílias recebem a medicação pós-operatória e aplicação de microchip eletrônico de identificação animal, além de todas as orientações para cuidados pós procedimento.

Fonte: Agência Estadual de Notícias

- Advertisement -spot_img

More articles

últimas notícias