Saúde institui Política de Qualidade de Vida no Trabalho – Agência Brasília

0
40


Promover a atenção integral à saúde e a valorização dos servidores em sua totalidade é o objetivo da Política de Qualidade de Vida no Trabalho (PQVT), publicada pela Secretaria de Saúde (SES) no dia 1º deste mês. Instituída por meio da Portaria nº 914, de 10 de setembro de 2021, a política marca o início das comemorações do mês do servidor, em uma gestão voltada para propiciar um ambiente de trabalho saudável em seus vários aspectos.

Arte: Divulgação/Secretaria de Saúde

“Na política a ser implementada, caberá à SES criar, manter e melhorar o ambiente de trabalho em suas condições físicas, psicológicas ou sociais. É o reconhecimento de que, para podermos prestar a melhor assistência à sociedade, precisamos estar bem, em um ambiente saudável que nos estimule e nos motive a fazer as entregas necessárias”, destaca a subsecretária de Gestão de Pessoas da SES, Silene Almeida.

As condições de trabalho dos servidores, a satisfação profissional e as relações socioprofissionais destacam-se como pontos que serão considerados para propiciar melhorias no que tange a promoção à saúde, ao bem-estar e à qualidade de vida no trabalho.

“Valorizar e cuidar bem do nosso maior e mais importante capital: os servidores. Essa é uma política que veio para ficar em nossa cultura”Silene Almeida, subsecretária de Gestão de Pessoas

Serão desenvolvidos programas, projetos e ações que levem em conta o reconhecimento e a valorização do servidor em sua integralidade, entre outros pontos, considerando os múltiplos fatores que influenciam a saúde de forma individual e coletiva.

A implementação de fatores que gerem bem-estar no ambiente de trabalho será feita a partir de uma gestão humanizada, de respeito aos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS), de uma cultura que valoriza a participação dos servidores em decisões que contribuam em melhorias no espaço de trabalho, incentivo à capacitação, prevenção de adoecimentos e de acidentes em serviço e transparência das informações.

Segundo Silene, o conceito de Qualidade de Vida no Trabalho (QVT) envolve tanto o aspecto físico e ambiental quanto os aspectos psicológicos do local de trabalho. “Isso implica uma instituição mais humanizada, mediante maior grau de responsabilidade e de autonomia no trabalho, feedback constante sobre o desempenho, maior variedade e adequação de tarefas e ênfase no desenvolvimento pessoal dos servidores”, explica.

Diretrizes e eixos temáticos

A Política de Qualidade de Vida no Trabalho é formada por 17 diretrizes que norteiam as ações. Entre essas diretrizes estão o apoio ao servidor ao longo de toda a sua vida funcional e o estímulo à adoção de hábitos de vida saudáveis. Está prevista a implementação do Programa de Qualidade de Vida no Trabalho, com ações nos contextos individual e coletivo.

Entre as diretrizes da política estão o apoio ao servidor ao longo de toda a sua vida funcional e o estímulo à adoção de hábitos de vida saudáveis

A operacionalização da PQVT está relacionada a 16 eixos temáticos, que devem ser considerados para a elaboração dos novos programas, projetos e ações, assim como as adequações dos já existentes no âmbito da pasta. Os eixos tratam de temas como formação, condições de trabalho, organização do trabalho, cultura organizacional, valorização dos servidores, fortalecimento da luta contra a discriminação, a violência de gênero e o assédio moral e sexual.

Foram criados o Comitê Central de Qualidade de Vida no Trabalho e os comitês regionais de qualidade de vida no trabalho. A atuação visa garantir a implementação da política, incentivar e articular programas, projetos e ações de promoção da qualidade de vida.

“Nesta gestão, o foco no servidor, em sua saúde e bem-estar têm sido a tônica das ações da Subsecretaria de Gestão de Pessoas [Sugep]. Tivemos um aumento expressivo de adesão aos exames laborais periódicos, com busca ativa dos servidores”, conta Silene.

Decreto distrital

O amparo para a elaboração da política vem do decreto distrital nº 42.375, de 9 de agosto de 2021, que institui os princípios e as diretrizes gerais para concepção, implantação e promoção de políticas e programas de qualidade de vida no trabalho para os servidores da administração direta, autárquica e fundacional do DF.

O decreto institui também o Selo QualiVida para incentivar a implantação e a promoção de políticas e programas de QVT e premiar órgãos e entidades da administração pública do Distrito Federal que, reconhecidamente, desenvolvam boas práticas de qualidade de vida e valorização do servidor ativo e aposentado.

O selo foi regulamentado pela Portaria nº 253, que, publicada no dia 1º pela Secretaria de Economia, detalha todos os critérios para concessão.

A subsecretária de Gestão de Pessoas acrescenta que a adesão a essa política foi algo natural, desdobramento da filosofia abraçada desde o início desta gestão. “Valorizar e cuidar bem do nosso maior e mais importante capital: os servidores. Essa é uma política que veio para ficar em nossa cultura”, conclui Silene.

*Com informações da Secretaria de Saúde



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here