Emater-DF distribui mudas de capim a produtores rurais – Agência Brasília

0
42


Para dar continuidade ao trabalho iniciado em 2020, a Emater-DF iniciou a distribuição de mudas do capim BRS Capiaçu, uma variedade melhorada do capim-elefante, a produtores rurais atendidos pela empresa. O objetivo é multiplicar o material genético disponível e garantir aos produtores acesso a um tipo de alimento que melhore a alimentação e fertilidade do rebanho, os índices de produção de carne e leite e a saúde dos animais.

O capim BRS Capiaçu é uma variedade melhorada do capim-elefante que foi desenvolvida pela Embrapa | Foto: Divulgação/Emater-DF

A distribuição do capim é resultado de uma parceria da Emater-DF com a Embrapa Cerrados. A variedade foi desenvolvida por pesquisadores da Embrapa Gado de Leite, a partir do programa de melhoramento do capim-elefante, e está sendo validada em várias regiões do país, entre elas o Distrito Federal, onde esse trabalho é conduzido pela Emater-DF.

“Um dos maiores problemas que geram baixa de produtividade, principalmente no período seco do ano, é a falta de quantidade e qualidade de comida. Como esse capim produz muito, a chance de melhorar a produção de carne e leite é alta”Maximiliano Cardoso, coordenador de Ruminantes e Equídeos da Emater-DF

Vantagens

Para se ter uma ideia de suas vantagens, o coordenador de Ruminantes e Equídeos da Emater-DF, Maximiliano Cardoso, explica que o BRS Capiaçu produz três vezes mais do que o capim-elefante comum. E sua capacidade de multiplicação também é muito maior – a cada hectare plantado, é possível multiplicar a área em cerca de 30 vezes.

“Essas mudas que estamos distribuindo agora foram feitas pelos próprios produtores rurais daqui, que já estão testando o capim e agora estão disponibilizando as mudas para outros produtores”, conta.

Além disso, o valor nutricional deste capim também é melhor. “Um dos maiores problemas que geram baixa de produtividade, principalmente no período seco do ano, é a falta de quantidade e qualidade de comida. Como esse capim produz muito, a chance de melhorar a produção de carne e leite é alta. Ele pode ser usado no período das águas, como corte, e também na seca, conservado via silagem”, explica.

Assistência técnica

Para garantir a produtividade e qualidade do capim, o produtor precisa observar as condições de fertilidade do solo, chuvas, irrigação, plantio e tratos culturais. Por isso, Maximiliano Cardoso ressalta a importância do produtor seguir as recomendações técnicas.

“O BRS Capiaçu tem um enorme potencial de uso, mas necessita da indicação e acompanhamento técnico para auxiliar na tomada de decisão do produtor sobre qual a área a ser plantada, forma de uso, espécies animais (bovinos, caprinos, ovinos e equídeos), dentre outros fatores. A Emater-DF está à disposição, contribuindo para a melhoria dos índices produtivos e de rentabilidade da pecuária do Distrito Federal”, reforça.

Quem está recebendo os feixes de mudas são os produtores atendidos pelos escritórios locais da Emater-DF. Os técnicos locais estão responsáveis por entregar o material aos produtores e acompanhar o plantio e uso do capim na dieta dos animais, ajustando o manejo alimentar e nutricional dos animais. Cerca de 50 extensionistas passaram por capacitação técnica para nivelamento das informações e troca de experiências sobre o cultivo e uso do capim BRS Capiaçu.

*Com informações da Emater-DF



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here