Live ensina a fazer receita com itens da cesta verde – Agência Brasília

0
38


Mostrar que é possível fazer uma receita saborosa e simples, com ingredientes saudáveis e sem produtos industrializados. Essa foi o objetivo da live especial veiculada nesta terça-feira (19) no canal da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) no YouTube, em alusão ao Dia Mundial da Alimentação, comemorado no último sábado (16).

Alunas do Cantinho do Girassol prepararam a massa utilizada pelo chef Vinicius Rossignoli na receita de lasanha à bolonhesa, que contou ainda com verduras e legumes consumidos no dia a dia da entidade | Fotos: Divulgação/Sedes

A transmissão — que está disponível no YouTube — foi realizada direto da cozinha do Centro Social Luterano Cantinho do Girassol, Organização da Sociedade Civil (OSC) parceira da Sedes na oferta do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, para crianças de 6 a 15 anos de idade.

É olhar para todos os itens disponíveis na Cesta Verde e pensar em receitas saudáveis, que são fáceis e podem ser feitas diariamente. Tudo pode ser aproveitado, com criatividadeMayara Noronha Rocha, secretária de Desenvolvimento Social

Com a ajuda da secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha, o chef Vinicius Rossignoli, especialista em gastronomia do cerrado, preparou uma lasanha à bolonhesa, com massa produzida por alunas da instituição, e verduras e legumes consumidos no dia a dia da entidade.

A OSC, assim como outras instituições parceiras, recebe itens do banco de alimentos da Central de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa) para garantir alimentação saudável para pessoas em vulnerabilidade social.

“É olhar para todos os itens disponíveis na Cesta Verde, que é entregue nas unidades e para os beneficiários do Cartão Prato Cheio, e pensar em receitas saudáveis, que são fáceis e podem ser feitas diariamente. Tudo pode ser aproveitado, com criatividade”, destaca Mayara Rocha.

Para a gestora, são essas pequenas demonstrações, como o preparo de uma receita simples, a exemplo da lasanha, com ingredientes saudáveis, que mostram como é possível adotar bons hábitos alimentares.

A secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha, ajudou o chef na preparação da lasanha

“O Dia Mundial da Alimentação é uma data para reforçar a importância da segurança alimentar e nutricional, o que inclui o acesso a uma alimentação de qualidade e em quantidade adequada. Mas também é uma data para reflexão. Hoje, temos muitos casos de obesidade. A alimentação saudável é uma prevenção”, pontua.

O chef Vinicius Rossignoli reitera que a lasanha foi feita na hora, sem temperos industrializados, com verduras e legumes da Cesta Verde. “Agradeço esse espaço para levar conhecimentos que parecem tão distantes, mas são próximos, e mostrar que ingredientes do dia a dia, se preparados da maneira correta, substituem boa parte daquilo que é industrializado e não faz bem para a saúde, não contribui com uma alimentação de qualidade.”

Dia Mundial da Alimentação

O dia 16 de outubro foi escolhido para lembrar a criação, em 1945, da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura, a FAO, agência das Nações Unidas que tem como objetivo liderar e articular os esforços internacionais para acabar com a fome. A cada ano, um tema é escolhido e, com base nele, diversas atividades vão sendo realizadas em vários países. O tema deste ano é “As nossas ações são o nosso futuro.”

“As nossas escolhas impactam na nossa saúde e na saúde do planeta. Por isso, devemos fazer escolha por alimento de origem agroecológica, valorizar a compra de pequenos produtores. Nessa live, por exemplo, podemos ver que é possível escolher ingredientes naturais e fazer uma refeição saborosa”, ressalta a subsecretária de Segurança Alimentar e Nutricional da Sedes, Karla Lisboa.

240 crianças e adolescentes de 6 a 15 anos são atendidos pelo Cantinho do Girassol, por meio de parceria com a Sedes

“O tema deste ano tem o intuito de chamar a atenção para a escolha dos alimentos que consumimos e de que forma podem impactar na nossa saúde e no nosso planeta. Assim, refletir sobre o modelo de produção de alimentos, forma de distribuição e acesso pela população, aproveitamento total do alimento e desperdício”, enfatiza a subsecretária.

Cantinho do Girassol

O Centro Social Luterano Cantinho do Girassol fica na QNM 30 – Módulos “B” e “C” – Área Especial, em Ceilândia Norte, e tem parceria com a Sedes para atender, no contraturno escolar, 240 crianças e adolescentes de 6 a 15 anos, por meio de oficinas que contemplam acompanhamento escolar, inclusão digital, artes, ações preventivas e educativas de cidadania, esporte, dança, cultura e lazer.

As crianças e adolescentes acompanhados pelo Cantinho do Girassol são encaminhados pelos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) para o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

A entidade também tem parceria com a Secretaria de Educação do Distrito Federal para atender 275 crianças, de 1 a 3 anos de idade, em período integral, de segunda a sexta-feira, onde são ofertadas atividades pedagógicas com foco na estimulação, na aprendizagem lúdica e no desenvolvimento integral da criança.

*Com informações da Secretaria de Desenvolvimento Social do DF

 



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here