Avança concretagem da obra do viaduto Recanto das Emas – Agência Brasília

0
20


A segunda etapa da concretagem da laje na obra do viaduto do Recanto das Emas/Riacho Fundo II termina neste domingo (31), conforme estava previsto no cronograma do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) – responsável pela construção e fiscalização do empreendimento. Com esta etapa pronta, os próximos passos referentes à continuidade da obra serão escavação, grampeamento do solo, drenagem e pavimentação.

O governador em exercício, Paco Britto, foi conferir de perto o andamento das obras, neste domingo (31): “Agradeço ao governador Ibaneis Rocha, que possibilitou tudo isso”, frisou | Fotos: Vinicius de Melo/Agência Brasília

Caso não ocorra nenhum imprevisto – com o início do período chuvoso, o Distrito Federal está em alerta em relação às chuvas torrenciais -, a previsão é que o viaduto seja entregue à população em julho de 2022, beneficiando cerca de 200 mil motoristas da região.

“Em breve, começaremos a escavar este viaduto tão sonhado. Sonho que está sendo realizado pelo DER, em prol da população”Paco Britto, governador em exercício

Todo esse processo foi conferido de perto, na manhã deste domingo (31), pelo governador em exercício, Paco Britto, acompanhado dos filhos Cristiano e Flávio. No canteiro das obras do viaduto, Paco foi recebido pelo superintendente de obras do DF, Cristiano Cavalcante, e pelo engenheiro Eli Câmara, ambos do DER; e, também, pelo administrador regional, Carlos Dalvan.

A construção do viaduto chegou aos 50% de execução, com a finalização desta segunda etapa da concretagem – a primeira fase começou no dia 12 deste mês. “Em breve, começaremos a escavar este viaduto tão sonhado. Sonho que está sendo realizado pelo DER, em prol da população. Estamos trabalhando 100% para o DF. Agradeço ao governador Ibaneis Rocha, que possibilitou tudo isso”, frisou Paco, após conferir o resultado e cumprimentar os trabalhadores.

O investimento na construção do viaduto é de R$ 30,9 milhões e a previsão é de que seja entregue à população em julho de 2022

De acordo com o engenheiro Eli Câmara – executor do contrato firmado entre o DER e o consórcio de empresas da obra do viaduto -, 100 pessoas desse consórcio trabalham diariamente na obra. Ainda segundo ele, em cada fase foram utilizadas 850 m3 de concreto, perfazendo um total de 1.700 m3 nas duas etapas. Até o momento, em toda a obra, foram utilizados 2.400 m3 de concreto e 400 toneladas de ferro.

“O tempo frio [como estava na manhã deste domingo] ajuda na ‘cura’ do concreto”, explicou, enquanto mostrava o trabalho dos operários e dos dois caminhões-bomba, que jogavam concreto na laje.

Desvio

A obra foi iniciada em maio deste ano pela construção das marginais para o desvio dos veículos. Para melhoria no fluxo de veículos, o trânsito foi liberado, uma vez que a pista do lado do Riacho Fundo II está pronta e o trânsito no sentido Samambaia está desviado.

Além da população do Recanto das Emas e do Riacho Fundo II, serão beneficiados os moradores das cidades de Samambaia, Gama e Santa Maria, e algumas cidades do entorno do DF. O investimento na construção do viaduto é de R$ 30,9 milhões.



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here