DF tem as melhores condições para sediar evento, diz Ibaneis – Agência Brasília

0
22


O Governo do Distrito Federal (GDF) marca presença no segundo dia de eventos do Web Summit, o maior do mundo no ramo de tecnologia e inovação, e que na atual edição ocorre na cidade de Lisboa, em Portugal. Há intenção de trazer o evento para o Distrito Federal e, para isso, o governador Ibaneis Rocha assinou carta de intenção e vai se reunir nesta quarta-feira (3) com representantes do Web Summit.

Foi assinada e entregue pelo GDF uma carta de intenção para abrigar o evento, o que inclui um investimento na ordem de € 5 milhões [R$ 32,8 milhões] e a garantia de infraestrutura.

“Temos oportunidade de fazer network de grande importância. São grandes negócios que podem chegar para o DF”Ibaneis Rocha, governador do Distrito Federal

“Estamos aqui para verificar [o evento], candidatamos o Distrito Federal para ver se conseguimos levar um evento deste tamanho para Brasília. Temos a honra de participar do evento, candidatar nossa cidade e torcemos muito para Brasília receber um evento dessa magnitude”, disse Ibaneis Rocha.

Em dois dias de Web Summit, Ibaneis e o corpo de secretários do GDF conferiram de perto parte das principais inovações tecnológicas do mundo. O evento reúne as principais empresas e iniciativas do ramo e mais de 40 mil pessoas, com ingressos esgotados para as centenas de palestras e eventos. “É um evento magnífico onde você tem a oportunidade de verificar a presença de inúmeras startups com as mais variadas soluções para a vida das pessoas.”

O governador destacou a presença de empresas brasileiras e a oportunidade de relações com ações de outros países. “Temos oportunidade de fazer network de grande importância. São grandes negócios que podem chegar para o DF”, avalia.

Intercâmbio

À imprensa local, Ibaneis também comentou o retorno das atividades presenciais e falou da força do intercâmbio cultural entre Brasil e Portugal. “Sou apaixonado pelo país [Portugal], temos uma identidade cultural muito forte e precisamos aproveitar isso para fazer um intercâmbio cada vez maior no âmbito dos negócios”, finaliza.

“Nossos laços estão fortes, e transformar esses laços em empresas, em emprego, em condição de vida e experiências é extraordinário”Carlos Moedas, prefeito de Lisboa

O prefeito de Lisboa, Carlos Moedas, elogiou a presença de Ibaneis Rocha no evento e falou da expectativa de ampliar o relacionamento com o Distrito Federal.

“Temos uma ligação profunda com o governador, com a experiência dele em Portugal, e nós com a nossa experiência com o Brasil. Nossos laços estão fortes, e transformar esses laços em empresas, em emprego, em condição de vida e experiências é extraordinário”, disse Moedas.

O prefeito de Lisboa marcou presença no estande que reúne brasileiros no Web Summit e disse também que espera transformar Lisboa na capital de inovação do mundo.

Brasília no páreo

Detentora do Parque Tecnológico de Brasília (Biotic), a capital do país disputa com o Rio de Janeiro e Porto Alegre a quarta sede mundial da conferência, que já passou por Toronto, no Canadá, e Hong Kong, na China, além da capital portuguesa. Após o encontro com o governo do DF em Lisboa, os diretores do evento virão à cidade conhecer as possíveis instalações para realização do evento.

Além da rede hoteleira centralizada, com acomodações de quatro e cinco estrelas, a segurança qualificada e o hub aeroportuário do Aeroporto Internacional Presidente Juscelino Kubitschek colocam Brasília no páreo para sediar um evento mundial. Cidades com planejamento e alto índice de qualidade de vida, inclusive, são as de maior potencial de desenvolvimento de indústrias tecnológicas, geradoras de emprego e ambientalmente menos poluentes.

“Entendo que o DF tem todas as condições de receber o evento pela própria situação que nós temos. Temos um dos maiores aeroportos do país, os hotéis todos concentrados num raio de até cinco quilômetros do Centro de Convenções, então vamos trabalhar forte para levar o evento para o DF”, pontua o governador.

Oficialmente, segundo os organizadores do Web Summit, Rio de Janeiro e Porto Alegre disputam com o DF, mas São Paulo e Goiás se apresentam também como candidatos.

“São Paulo está totalmente congestionada, a rede hoteleira fica longe do Anhembi, temos problemas de segurança seriíssimos na cidade de São Paulo, coisa que não temos em Brasília. Porto Alegre está muito fora da rota do grande turismo e dos grandes eventos do Brasil. Nós vamos trabalhar para mostrar esse caminho, mostrar que o DF tem condições de receber o evento”, finaliza Ibaneis Rocha.

 



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here