Comitiva do DF se reúne com CEO da Web Summit em Lisboa – Agência Brasília

0
23


Capitaneada pelo governador Ibaneis Rocha, a comitiva do Governo do Distrito Federal (GDF) em Lisboa, Portugal, se reuniu na manhã desta quarta-feira (3) com o CEO e cofundador da Web Summit, maior evento de tecnologia e inovação do mundo. O irlandês Patrick Cosgrave recebeu o grupo em uma sala no pavilhão do evento, que ocorre no Parque das Nações.  

A intenção do governo é fazer de Brasília a sede da conferência na América Latina, assim como Lisboa é na Europa, Toronto, no Canadá, é na América do Norte, e Hong Kong, na China, é na Ásia. O DF busca investir na indústria tecnológica com a criação do Parque Tecnológico de Brasília (BioTic).

Da esquerda para a direita: Paulo Henrique Costa, presidente do BRB; Gilvan Máximo, secretário de Ciência e Tecnologia; Patrick Cosgrave, CEO da Web Summit; governador Ibaneis Rocha; Mayara Noronha Rocha , secretária de Desenvolvimento Social e primeira-dama; Rose Rainha, diretora-técnica do Sebrae-DF; André Clemente, secretário de Economia; e Artur Pereira, gerente nacional da Web Summit em Portugal | Toda a comitiva do Distrito Federal em Portugal tem passado por testes anticovid a cada 48 horas, assim como antes de qualquer reunião privada realizada na Web Summit Lisboa

Com foco na inovação em biotecnologia e tecnologia da informação e comunicação, o BioTIC será o principal polo de desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação do DF. O projeto viabilizará a instalação de diversas empresas, além de instituições de pesquisa e centros de inovação. Para essa finalidade, estão disponíveis 95,9 hectares de propriedade da Terracap, com possibilidade de expansão, na Granja do Torto.

Declarando-se admirador da arquitetura de Oscar Niemeyer e do projeto urbanístico de Lúcio Costa, estudados nas aulas de geografia, Patrick se disse curioso para conhecer a capital e sentir “a vibração e o calor humano” do brasiliense. Para isso, desembarca por aqui em 19 de novembro.

Na ocasião, os organizadores da conferência vão avaliar as condições aeroportuária, hoteleira, de mobilidade e logística de Brasília para receber um evento desse porte. A cidade disputa com Rio de Janeiro e Porto Alegre a realização da Web Summit por cinco anos, a partir de 2023. “Temos o segundo maior aeroporto com hub de distribuição aérea do país, interligando não só voos internacionais como acesso a todas as capitais do Brasil”, disse Ibaneis ao CEO.

Testagem

Toda a comitiva do Distrito Federal em Portugal tem passado por testes anticovid a cada 48 horas, assim como antes de qualquer reunião privada realizada na Web Summit Lisboa.

Galeria de Fotos

Comitiva do DF se reúne com CEO da Web Summit em Lisboa



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here