GDF qualifica 360 mulheres em Sobradinho II – Agência Brasília

0
20


Com 36 anos, desempregada e mãe de cinco filhos, Tatiane Cardin da Silva era só expectativa na tarde desta quarta-feira (3), durante a solenidade de entrega dos certificados do programa Jornada da Mulher Trabalhadora, em Sobradinho II. Ela faz parte do grupo de 360 mulheres, moradoras da cidade, que participaram de cursos profissionalizantes gratuitos, oferecidos pelo Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria de Trabalho.

Governador em exercício, Paco Britto, participa da entrega de certificados do programa Jornada da Mulher Trabalhadora | Foto: Jaqueline Husni/Agência Brasília

“Agora estou apta a buscar um emprego. Na ausência de uma escola técnica em Sobradinho II, o curso foi muito produtivo, aprendi muito. De uma pessoa que não sabia mexer no computador a uma expert”, assegurou Tatiane, formada em Informática Básica, um dos cursos oferecidos no programa.

Com atividades presenciais em uma estrutura montada na praça ao lado da administração da cidade, as moradoras de Sobradinho II tiveram acesso à formação em maquiagem; design de sobrancelhas; cabeleireira profissional; extensão de cílios; manicure e pedicure e até auxiliar de escritório. “Estou muito feliz em estar aqui para entregar esses certificados, que significam mais que isso: é o abrir de portas para elas no mercado de trabalho e, quem sabe, para o empreendedorismo”, disse o governador em exercício, Paco Britto.

Ele ressaltou que Brasília tem todo o potencial para deixar de ser conhecida como “Capital do funcionalismo público” e se tornar a “Capital do empreendedorismo”. “Este governo, sob a batuta do governador Ibaneis Rocha, vem mostrando que acredita na mulher para que isso se torne realidade”, completou Paco.

As 360 vagas oferecidas foram distribuídas em 180 para o período matutino e outras 180 para o período vespertino. Com duração de 20 dias, a capacitação foi realizada em 10 tendas, instaladas em frente à Administração Regional de Sobradinho II. Os cursos tiveram duração de 60 horas, distribuídas em 15 horas de aulas teóricas, 40 horas de aulas de práticas e mais cinco horas de palestras.

“Dar condição das pessoas construírem seu próprio caminho: esse é um grande legado que o governo pode deixar”Thales Mendes, secretário de Trabalho

Além dos certificados, o Instituto Cultural e Social do DF (InCS-DF), responsável pelos cursos, sorteou, para 50 alunas, acompanhamento da instituição para que elas se tornem Microempreendedoras Individuais (MEI), com apoio para que tenham acesso a microcrédito da Secretaria de Trabalho, oferecidos à modalidade.

“A partir de agora, vocês vão olhar a vida com outra visão. Vocês serão, em breve, pequenas empreendedoras, quiçá, grandes empresárias. É o nosso desejo”, enfatizou o presidente do InCS-DF, João Bosco. “Hoje é dia de agradecimento às pessoas que participaram e confiaram no curso que vai, certamente, abrir caminhos para todas vocês”, completou o administrador da cidade, Osmar Felício.

Bianca Cristina, de 21 anos, segurava a pequena Heloísa em um dos braços e exibia o certificado na outra mão. E já sabia o que esperar do futuro para sustentar a família: abrir seu próprio negócio. Ela agora é profissional em alongamento de unhas e se diz preparada para o mercado. “O curso ajudou muito. É muito caro, eu não teria como pagar um curso com esse nível. Agora, meu foco, é começar a trabalhar”, afirmou.

“Daremos muitos outros cursos na cidade, porque qualificação é uma transformação social daqueles que realmente precisam das mãos do Estado”, assegurou o secretário de Trabalho, Thales Mendes. “Dar condição das pessoas construírem seu próprio caminho: esse é um grande legado que o governo pode deixar”, continuou.

É também nisso que acredita Fernanda de Jesus Rodrigues, de 32 anos, especialista em sobrancelhas. “Quero começar em algum salão, até ter condições de montar o meu próprio. E vou conseguir!”, contou.

“Hoje, talvez, seja o dia da grande virada na vida de vocês”, disse o deputado distrital Eduardo Pedrosa, autor da emenda parlamentar que garantiu a realização do curso em Sobradinho II.

 



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here