Via de ligação entre Guará e Núcleo Bandeirante será duplicada – Agência Brasília

0
21


Uma parte da via de ligação entre o Guará e o Núcleo Bandeirante será duplicada, no trecho de 1.130 metros que passa pelo Park Way e a ponte sobre o Córrego Vicente Pires. O local terá uma segunda ponte, novas pistas, calçadas, ciclovia, sinalização, além de uma rotatória de 30 metros de diâmetro e mais vegetação no canteiro central e nas laterais da via.

Ao longo da via é prevista uma faixa de serviço, entre a calçada e o meio-fio, para postes de iluminação pública, vegetação, lixeiras e sinalização viária vertical | Imagem: Divulgação/Seduh-DF

As melhorias estão previstas no projeto de sistema viário elaborado pela Secretaria de Obras. A proposta foi aprovada pela Portaria n° 101, publicada nesta quinta-feira (4) pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) no Diário Oficial do Distrito Federal.

O objetivo da iniciativa é a reformulação do sistema viário no trecho, onde passam cerca de 12 mil veículos por dia. Um exemplo será a implantação da segunda ponte sobre o Córrego Vicente Pires, que terá aproximadamente 45 metros de extensão e 10 metros de largura, para acomodar duas pistas de 3,5 metros e calçadas de 2,5 metros de largura.

Ao longo da via é prevista uma faixa de serviço, entre a calçada e o meio-fio, para postes de iluminação pública, vegetação, lixeiras e sinalização viária vertical. O espaço ainda cria a possibilidade de plantio de árvores e implantação de mobiliário urbano.

O objetivo da iniciativa é a reformulação do sistema viário no trecho, onde passam cerca de 12 mil veículos por dia

Já a nova ciclovia será conectada ao sistema cicloviário existente no Guará II, a partir da QE 32, e no Park Way, próximo à interseção entre a ferrovia e a via de acesso à DF-079. Parte do trajeto ficará na lateral da via e parte perto do canteiro central.

Para o secretário de Governo, José Humberto Pires, é uma prioridade da atual gestão melhorar os acessos, as condições de trânsito e trazer mais conforto à população. “Sobretudo com a duplicação da via, ciclovia e as condições de acessibilidade para as pessoas que ali transitam. Por isso, é muito importante que essa obra seja executada”, afirmou o secretário.

“Esta é uma obra muito aguardada pela população. Esperamos que a duplicação e a troca da pavimentação atual melhorem de forma significativa o tráfego, beneficiando milhares de motoristas”, ressaltou o secretário de Obras, Luciano Carvalho.

Condições precárias

Atualmente, a via de ligação possui condições precárias de pavimentação e sinalização. Também não conta com ciclovia ou calçadas em todo o percurso, o que deixa a passagem mais insegura para os usuários.

“O projeto torna a via de ligação mais confortável e segura, com as pistas separadas por canteiro e mais sinalização. Essa medida torna possível a execução de retornos bem localizados, sem comprometer a integridade dos motoristas”, explicou a coordenadora de Aprovação de Projetos de Urbanização da Seduh, Caroline Fernandes.

A aprovação era mais um passo a ser concluído pela Seduh, que também será responsável por licenciar as obras. Contudo, a execução será feita pela Secretaria de Obras, que estima a geração de 100 empregos diretos e 300 indiretos com os trabalhos.

*Com informações da Seduh-DF



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here