Escolas de gestão compartilhada recebem mais instrumentos – Agência Brasília

0
13


Mais instrumentos musicais foram entregues a escolas cívico-militares do Distrito Federal. Nesta terça-feira (9), o Centro Educacional (CED) 3, em Sobradinho recebeu 72 instrumentos, entre flautas, surdos e clarinetes. O material será utilizado para aulas e formação de bandas musicais e orquestras nas unidades escolares.

Foram adquiridos, ao todo, 720 instrumentos pela Secretaria de Segurança Pública do DF (SSP-DF). Além do CED 3 de Sobradinho, outras três escolas receberam o material: o CEF 1, do Riacho Fundo; o Centro de Ensino Fundamental 407, de Samambaia; e o Centro Educacional 1, da Estrutural.

Instrumentos serão utilizados em aulas e na formação de bandas musicais e orquestras nas unidades escolares | Foto: Divulgação/SSP-DF

“As aulas de música são essenciais para o desenvolvimento cognitivo dos alunos, que poderão participar da formação atendendo a critérios, como apresentar bom comportamento e rendimento escolar. Iniciamos o processo de distribuição ainda quando as aulas estavam no modelo on-line. Com o retorno presencial, as cerimônias estão ainda mais especiais”, ressalta o secretário de Segurança Pública, Júlio Danilo.

A criação de uma banda de música faz parte da tradição das escolas militares, como explica o subsecretário de Escolas de Gestão Compartilhada da SSP-DF, coronel Alexandre Ferro. “A música contribui para o desenvolvimento integral do aluno, desde a socialização e a criatividade até aspectos como a fala e a respiração. Além disso, agrega mais qualidade ao processo de ensino e aprendizagem. As bandas de música fazem parte da identidade da escola cívico-militar”, relata.

CED 3, que recebeu novos instrumentos musicais nesta terça, atende 1.619 estudantes do ensino fundamental, especial e médio

A CED 3 atende 1.619 estudantes do ensino fundamental, especial e médio. Para o diretor da instituição, Geraldo Calado, as aulas de música e formação da banda serão essenciais para o desenvolvimento complementar dos alunos.

“A aquisição dos instrumentos musicais e as aulas de música e formação de banda são de extrema importância. O modelo de ensino compartilhado exerce influência positiva sem precedentes, desperta talentos e interesses, trabalha a responsabilidade, a disciplina, o compromisso, o senso de pertencimento e, acima de tudo, a capacidade de desenvolver trabalho em grupo. Estamos muito gratos por nossa escola fazer parte deste projeto”, avalia.

O secretário executivo de Gestão Integrada, Agnaldo Mendonça, representou o secretário de Segurança Pública na cerimônia.

Cívico-militar

O modelo de compartilhamento de ensino é uma parceria entre a SSP-DF e a Secretaria de Educação. Desta forma, a Segurança é responsável pela gestão disciplinar, empregando o efetivo da Polícia Militar do DF (PMDF) e do Corpo de Bombeiros Militar do DF (CBMDF) na coordenação de atividades extracurriculares e nas ações disciplinares voltadas à formação cívica, moral e ética do corpo discente, objetivando o bem-estar social.

Já a Secretaria de Educação responde pela gestão administrativa e pedagógica das escolas e pelo cumprimento da proposta pedagógica, conforme a Lei de Diretrizes Educacionais. Atualmente, mais de 16 mil alunos estão nas 10 unidades que adotaram o modelo.

Saiba quais são as escolas:

  • Centro Educacional 3 de Sobradinho
  • Centro Educacional 308 do Recanto das Emas
  • Centro Educacional 1 da Estrutural
  • Centro Educacional 7 da Ceilândia
  • Centro Educacional Condomínio Estância III de Planaltina
  • Centro Educacional 1 do Itapoã
  • Centro de Ensino Fundamental 19 de Taguatinga
  • Centro de Ensino Fundamental 1 do Núcleo Bandeirante
  • Centro de Ensino Fundamental 407 de Samambaia
  • Centro de Ensino Fundamental 1 do Riacho Fundo II

*Com informações da Secretaria de Segurança Pública



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here