Crianças e jovens com TEA lançam vídeo no Cine Brasília – Agência Brasília

0
22


Na tela do Cine Brasília, a atração do fim da tarde de domingo (21) foi um vídeo estrelado por dezenas de pessoas com transtorno do espectro autista (TEA) e seus familiares. Nas cadeiras, olhares atentos a cada detalhe e muita emoção. A cada aparição no vídeo, palmas e assobios. Este foi o clima do lançamento do vídeo Uma Sinfonia Diferente, um projeto do Instituto Steinkopf.

A música cantada no vídeo, música From now on, fala sobre o desenvolvimento do potencial de pessoas autistas | Foto: Reprodução

“Pessoas com autismo têm dificuldade de socialização; e, com a musicoterapia, conseguimos desenvolver diversas habilidades” Ana Carolina Steinkopf, coordenadora do Instituto Steinkopf

“Esse trabalho leva a pessoa com autismo para o protagonismo, e o mais importante: tem a possibilidade de mostrar ao mundo que o autismo não é uma doença, como muita gente ainda pensa que é”, destacou o vice-governador Paco Britto, que, representando o governador Ibaneis Rocha, participou do evento.

Coordenado por Ana Carolina Steinkopf, o instituto desenvolve trabalhos que envolvem pessoas com TEA para promover o estudo e desenvolvimento de habilidades e competências delas. São projetos e iniciativas que valorizam e despertam o potencial das pessoas com autismo, envolvendo no processo de desenvolvimento a família de cada paciente – parte crucial de qualquer processo de aprendizagem.

Estímulo

“Todos nós tivemos que nos reinventar com a pandemia, e aqui não foi diferente” Paco Britto, vice-governador

Entre os projetos está o Uma Sinfonia Diferente, programa musical criado para promover o protagonismo de pessoas com autismo por meio do desenvolvimento de um espetáculo musical estrelado por elas. “Este é o nosso primeiro evento pós-pandemia e é um motivo de muita emoção e alegria”, avaliou Ana Carolina. “Foi um enorme desafio. Pessoas com autismo têm dificuldade de socialização; e, com a musicoterapia, conseguimos desenvolver diversas habilidades”.

Desde a criação do Instituto Steinkopf, em 2015, cerca de 2 mil crianças com autismo foram atendidas pelo programa e mais de 30 apresentações musicais foram realizadas em Brasília. Com a pandemia, o modelo foi modificado e, neste ano, não houve espetáculo final, mas um clipe, onde todos tiveram a oportunidade de apresentar suas habilidades e potencialidades.

“Esse evento tem um significado muito especial – o de superação”, disse Paco Britto. “Todos nós tivemos que nos reinventar com a pandemia, e aqui não foi diferente”. Ana Carolina reforçou: “A música From now on [do vídeo Uma Sinfonia Diferente] fala sobre o nosso retorno para casa e sobre o nosso desejo de continuar desenvolvendo e apresentando os potenciais das pessoas com autismo para o mundo. De agora em diante, tudo vai ser diferente”.

Assista aqui ao vídeo, do qual participam 27 pessoas atendidas pelo projeto atualmente.

 



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here