Header Ads Widget

Responsive Advertisement

Cras Brasília ganha novas salas para atender famílias vulneráveis

[ad_1]

A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) realizou nesta quinta-feira (8) a entrega simbólica do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Brasília, na Asa Sul, que passou por reestruturação. Em manutenção desde o ano passado, a unidade foi renovada com pintura nova, substituição da parte elétrica, modernização e readequação das instalações para qualificar o atendimento ao usuário e proporcionar segurança e conforto aos servidores.

“A assistência social precisa ser fortalecida e estruturada cada vez mais. E quando falamos de reestruturação, nós falamos de pessoal para atendimento ao público, mas também de uma estrutura física que facilite esse atendimento, que seja confortável e acolhedora para as famílias vulneráveis” Ana Paula Marra, secretária de Desenvolvimento Social

Nos meses de manutenção, o atendimento era realizado de maneira remota para garantir a privacidade do usuário. Os servidores utilizaram temporariamente o espaço do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) Brasília, que fica no mesmo terreno, na Avenida L2 Sul, SGAS 614/615, onde também funcionam o Creas Diversidade e a Unidade de Proteção Social 24 horas.

“A assistência social precisa ser fortalecida e estruturada cada vez mais. Quando falamos de reestruturação, nós falamos de pessoal para atendimento ao público, mas também de uma estrutura física que facilite esse atendimento, que seja confortável e acolhedora para as famílias vulneráveis. Hoje é o dia de uma entrega maravilhosa. Esse espaço não era reformado há mais de 10 anos”, ressalta a secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra.

No Cras Brasília, foi realizada revisão da parte hidráulica, readequação e reforma dos banheiros para atender as normas de acessibilidade, readequação das salas de atendimento ao público, iluminação nova e identificação de todas as portas da área interna.

“Modificou todo o espaço. Agora, temos salas de atendimento individuais para receber os usuários, os agentes sociais vão trabalhar em guichês, teve uma adequação da copa e cozinha e do banheiro para receber pessoa com deficiência. Temos mais um banheiro para os servidores. Antes, nós tínhamos uma sala para equipe e realizávamos todos juntos os atendimentos. Agora, cada especialista ocupa uma sala e faz os atendimentos com privacidade para o usuário”, explica a assistente social do Cras Brasília, Danielly Lagares.

O Cras Brasília é uma das unidades socioassistenciais incluídas no contrato de manutenção predial realizado pela Sedes para reparação, adaptação e reforma de mais de 100 imóveis da pasta. O investimento na modernização das unidades é de mais de R$ 25 milhões.

“Para o servidor, ter um espaço novo e adequado para trabalhar é fundamental, porque ele se sente valorizado”, reforça a servidora da Sedes.

*Com informações da Sedes-DF

[ad_2] Source link

Postar um comentário

0 Comentários